Antonio Candido (1918-2017) e Paulo Emílio (1916-1977)

A Cinemateca Brasileira lamenta profundamente o falecimento do Professor Antonio Candido de Mello e Souza. 

Reconhecido como um dos maiores críticos literários e intérpretes da sociedade brasileira, Candido teve também atuação marcante em outras áreas. Ao lado de Paulo Emílio Sales Gomes e outros jovens intelectuais da década de 1940, Candido participou de todo um processo de transformação da cultura brasileira, que inclui a criação do Clube de Cinema de São Paulo que, mais tarde, daria origem à Cinemateca Brasileira, instituição na qual atuou como Conselheiro e Diretor.

Na impossibilidade de exprimir em palavras toda sua lucidez, generosidade e força, a equipe da Cinemateca manifesta seu afeto e solidariedade à família e aos amigos de Antonio Candido, e encontra conforto na certeza de que sua vida e sua obra seguirão como exemplo e inspiração para diferentes gerações.