Paulo Emílio e Sérgio Milliet

 

No próximo dia 3 de outubro, às 14h30, o trabalho e a vida de Paulo Emílio Sales Gomes, fundador da Cinemateca Brasileira e de Sérgio Milliet, um dos principais articuladores da formação do Museu de Arte Moderna de São Paulo, serão apresentados na Sala Petrobras da Cinemateca Brasileira. 

Para comentar sobre Paulo Emílio, estará presente o teórico e professor de cinema brasileiro, Ismail Xavier. A vida de Sérgio Milliet, por sua vez, será comentada por Lisbeth Rebollo Gonçalves, socióloga e ex-diretora do Museu de Arte Contemporânea da USP. A moderação será de Ricardo Ohtake, gestor do Tomie Ohtake e titular da Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência, que organizou a conferência, junto com o Itaú Cultural e em parceria com a Cinemateca Brasileira.

O evento é gratuito, com inscrição prévia pelo formulário:
https://goo.gl/zKBWwu

Você pode conferir a transmissão online do evento através do link:
http://www.iea.usp.br/aovivo

 

Ciclo "Cultura, Institucionalidade e Gestão"

O evento integra a programação do Ciclo "Cultura, Institucionalidade e Gestão", realizado pela Cátedra. Dividido em quatro etapas, o ciclo pretende fornecer um panorama crítico, atual e histórico da formação de uma estrutura cultural na cidade de São Paulo, pelo ponto de vista da gestão cultural em instituições. 

A Cátedra Olavo Setúbal é resultado de uma pareceria entre o Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP e o Itaú Cultural. Foi iniciada em 2016 e este ano tem como titular o arquiteto Ricardo Ohtake, presidente do Instituto Tomie Ohtake.

Mais informações no site no IEA: http://www.iea.usp.br/noticias/os-legados-de-paulo-emilio-gomes-e-sergio-milliet-em-debate-na-cinemateca