Semana do Patrimônio reúne mais de 1.600 pessoas

Na semana em que se comemorou o Dia Mundial do Patrimônio Audiovisual, 27 de outubro, a Cinemateca Brasileira e a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo apresentaram cinco clássicos do cinema brasileiro no vão-livre do MASP. As cópias, exibidas em 35mm, foram feitas e/ou restauradas pela Cinemateca Brasileira.

As sessões, sempre gratuitas, celebraram a força e resistência de nossas imagens, a importância da preservação da memória audiovisual do país e reuniram mais de 1.600 pessoas.

As projeções foram apresentadas por convidados especiais como o professor Carlos Augusto Calil e os atores Helena Ignez e Paulo José, homenageado desta edição da Mostra, em O padre e a moça, de Joaquim Pedro de Andrade; Carlos Diegues, diretor de Quando o carnaval chegar; Marília Santos, víuva de Roberto Santos, realizador de O homem nu; e Lauro Escorel e Maria Hirszman, filha de Leon Hirszman, cujos 80 anos de nascimento foram celebrados com a exibição de Eles não usam black tie. A semana comemorativa se encerrou com a exibição de Macunaíma, adaptação de Joaquim Pedro de Andrade para o clássico romance de Mário de Andrade, protagonizado por Grande Otelo e Paulo José, e apresentado pelo professor Ismail Xavier.

 


Fotos:
Mario Miranda Filho/ agenciafoto.com.br
Milton Mansilha/ agenciafoto.com.br