Cannes 70

SINOPSE

Couro de gato, de Joaquim Pedro de Andrade (Brasil, 1962, 12')

No período pré-carnavalesco, garotos moradores de favelas organizam-se pra caçar gatos, cujo couro é utilizado na fabricação de tamborins. Episódio do longa "Cinco vezes favela".

Meow!, de Marcos Magalhães (Brasil, 1981, 8')

Gato seduzido pela propaganda troca seu pires de leite por um refrigerante.

3 minutos, de Ana Luiza Azevedo (Brasil, 1999, 35mm, 6')

Três minutos: o tempo de tomar uma decisão que pode mudar sua vida, antes que caia a ficha.

A janela aberta, de Philippe Barcinski (Brasil, 2002, 35mm, 11') Um homem tenta lembrar se fechou uma janela. A jornada de um simples fato em uma mente turbulenta.

Quimera, de Eryk Rocha (Brasil, 2004, 35mm, 15')

Homem e gato se confundem no limite invisível dos corpos. Um só corpo neste ensaio sobre o híbrido, feito de boatos sobre essa criatura mítica, um novo animal.

O monstro, de Eduardo Valente (Brasil, 2005, 35mm, 13') Um acidente de trem mata mais de cem pessoas. Quem seria o monstro responsável por essa tragédia?

Estação, de Marcia Faria (Brasil, 2010, 15')

Inês sonha ser atriz. Para isso, vai para São Paulo participar como figurante de uma novela. Mas, sem lugar para ficar, acaba morando alguns dias no Terminal Rodoviário do Tietê, a segunda maior estação rodoviária do mundo.

A moça que dançou com o diabo, de João Paulo Miranda (Brasil, 2016, 15')

Em uma sociedade conservadora e religiosa, uma garota vive sua rotina tentando encontrar seu paraíso na terra.

FICHA TÉCNICA

Duração: 
95
País de Origem: 
Brasil

PROGRAMAÇÃO

25.08.2017
sexta-feira | SALA BNDES | 18:00