Olhar Estrangeiro

SINOPSE

Green Screen Gringo, de Douwe Dijkstra (Holanda, 2016, 16')

Por trás de uma tela verde, um estrangeiro encontra seu caminho em um Brasil encantador, porém turbulento. O resultado é uma coletânea sobre o Brasil moderno visto pelos olhos do visitante.

Retratos para você, de Pedro Nishiyama (BRA/CHI, 2017, 13')

Uma menina chinesa conhece um estrangeiro que veio de muito longe. Ela e sua família o acolhem. Até que chega a hora dele voltar para sua terra. Eles precisam se despedir, sem saber quanto tempo durará esse adeus.

Página dois (Deuxième Page), de Yi-chen Liu (TAI/FRA, 2016, 14')

Uma estudante taiwanesa recorda seus primeiros dias em Paris. Por meio de seu diário e da meditação sobre o tempo, ela transita entre as duas comunidades.

Lembrança de um verão (Souvenir D'un Été), de Nelson Makengo (República Democrática do Congo, 2017, 5')

Em outro país, descubro minha liberdade, liberdade que às vezes não encontro em meu país, Congo. Liberdade para me distrair e denunciar.

Lar (Home), de Nicolas Acuña (Chile, 2017, 16')

Três migrantes alugam um apartamento no Bronx. Eles terão de lidar com as frustrações de sobreviver em uma metrópole, dedicando-se a atividades cada vez mais distantes da paixão que os levou a deixar seus países.

Nyo Vweta Nafta, de Costa Ico (POR/MOZ, 2017, 20')

Inhambane. Moçambique. King-Best. Samsung Galaxy. Versace. Babes. Galo branco. Não há palitos de dente na Noruega. Coqueiros. Frutas. Baobá. Super frutas. Vitamina C. Passiflora. Ácido alfalinolênico. SMS em chinês. Megabytes. Hotel Cardoso. O café é o vício do homem branco. Ngadzango.

FICHA TÉCNICA

Duração: 
84'

PROGRAMAÇÃO

31.08.2017
quinta-feira | SALA BNDES | 20:00